REGIÃO

REGIÃO -
Romaria da Senhora da Peneda está de volta após interrupção de dois anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Romaria de Nossa Senhora da Peneda, que vai decorrer entre 31 de Agosto e 08 de Setembro, retoma o formato normal, depois de dois anos de paragem por causa da Covid-19.

Serão “nove dias de oração, de festa, de encontro, de ligação entre o passado e o presente, de ligação entre o popular e o erudito, de ligação entre o humano e o divino”.

Contactado pela agência Lusa, a propósito da apresentação do programa, o presidente da Câmara de Arcos de Valdevez disse que a festa “segue a tradição das grandes peregrinações marianas, onde a envolvente paisagística natural, neste caso integrada no PNPG, favorece o desenvolvimento de uma ambiência festiva e de um espírito celebrativo muito próprios, fazendo desta romaria a maior e a mais fascinante de todo o Alto Minho”.

Segundo João Manuel Esteves, “em conjunto com a essência religiosa e contemplativa, o visitante encontra de igual modo um notável e fabuloso património arquitetónico e histórico, colocando o santuário como um ponto de passagem obrigatório e um destino turístico de excepção”.

Em 2021, um investimento de mais de 116 mil euros reconverteu um dos antigos quartéis do santuário em abrigo de montanha.

O projecto, que resultou de uma parceria entre a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e a Confraria de Nossa Senhora da Peneda, criou camaratas, espaços destinados a instalações sanitárias e copa”.

O santuário foi dotado com um espaço que permite alojar os romeiros da Peneda, da via Mariana, os turistas e os montanhistas que façam a travessia do PNPG ou escolham o local para prática de escalada e outras atividades de montanha.

O abrigo de montada tem capacidade para alojar 28 pessoas, repartidas por duas camaratas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS