AMARES -
“Sabores da Nossa Terra” e Feira de Velharias trouxeram vida ao Largo D. Gualdim Pais

O Largo Dom Gualdim Pais, em Amares, acolheu no sábado a primeira edição da Feira de Velharias. A iniciativa pretendeu promover a economia, bem como valorizar as tradições e objectos antigos, dinamizando o centro da vila.

O evento decorreu, em simultâneo, com o Mercado de Produtos Locais”Sabores da Nossa Terra” e tal como este vai repetir-se no primeiro sábado de cada mês.

PUBLICIDADE

De visita ao espaço, o presidente do Município de Amares, Manuel Moreira, destacou a importância deste género de iniciativas para a dinâmica e economia do concelho.

«É muito bom ver o Largo Dom Gualdim Pais com esta vida toda. Está aqui um ambiente muito agradável e estou convencido que esta iniciativa, que vai decorrer a par do Mercado de Produtos Locais, Sabores da Nossa Terra vai ter muito êxito. Não tenho dúvidas de que são dois bons exemplos de como se pode mexer com a economia local», frisou.

Lembrando que a velharia faz parte da história e da cultura, Paulo Brito, presidente da Junta de Freguesia de Amares e Figueiredo, lançou o repto a «todos os amarenses para que visitem o Largo Dom Gualdim Pais seja para comprar os melhores produtos da terra seja para adquirir as relíquias expostas».

João Freitas, da organização da Feira de Velharias, explicou que esta é uma iniciativa que tem por objectivo percorrer vários concelhos e onde as pessoas podem «encontrar peças únicas para restaurar outras e para uso pessoal, colecção e decoração».

O Mercado de Produtos Locais “Sabores da Nossa Terra” e a Feira de Velharias estão de regresso ao Largo Dom Gualdim Pais no dia 1 de Agosto.