REGIÃO (Alto Minho)

REGIÃO (Alto Minho) -
Sete idosos, um com 92 anos, fazem Caminho de Santiago

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Sete idosos do Centro Social Paroquial dos Pousos, em Leiria, iniciam esta quinta-feira os Caminhos de Santiago, com um percurso ajustado às suas capacidades. Ao longo de quatro dias, os idosos irão realizar o caminho a pé, de cadeira de rodas e ainda de carrinha, num total de cinco a seis quilómetros diários.

“Procurámos um trajecto que fosse plano e sem obstáculos”, explicou à Lusa a secretária da direçcão do Centro Social Paroquial dos Pousos, Alexandra Neves.

Durante toda a caminhada, os idosos terão momentos espirituais, culturais, gastronómicos e turísticos. A primeira paragem será em Vila Praia de Âncora. Pernoitam em Valença e seguem para Tui, passando a ponte em cadeira de rodas. Em Padrón, os idosos vão visitar a pedra da barca de Santiago.

Os últimos quilómetros até chegar ao destino serão percorridos pelo trilho do Monte do Gozo à Catedral de Santiago de Compostela, onde irão assistir à missa do peregrino e receber o certificado do peregrino em cadeira de rodas.

A iniciativa nasceu do projeto ‘Academia dos Sonhos’, que também já levou um grupo de idosos a estar com o Papa Francisco, em Roma, em 2022.

Em declarações à agência Lusa, Alexandra Neves disse que a Academia dos Sonhos tem como objectivo cumprir os desejos de muitos idosos, alguns em fim de vida, com “acções muito disruptivas” e “personalizadas”.

“Este ano quiseram fazer os Caminhos de Santiago. Claro que será algo adaptado a eles e às suas idades. O peregrino mais velho que temos tem 92 anos”, salientou Alexandra Neves, que irá acompanhar os sete idosos com mais nove cuidadores, incluindo apoio de enfermagem.

[email protected]

Foto: Centro Social Paroquial de Pousos (Leiria)

PUBLICIDADE

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS