AMARES - Sylvie Castro apresentou novo azulejo inspirado no património de Amares

AMARES -
Sylvie Castro apresentou novo azulejo inspirado no património de Amares

A designer amarense Sylvie Castro apresentou, esta quinta-feira, a sua mais recente obra, o terceiro e último azulejo de um trio que mostra o património de Amares (depois da Abadia e Santa Maria de Bouro). Desta feita, a peça baseia-se no Mosteiro de Rendufe, na laranja de Amares, nas uvas – numa alusão ao bom vinho verde do concelho – e numa figura incontornável da história de Portugal, D. Gualdim Pais.

A detentora da marca “D’Amares Portuguese Design” contou, durante a apresentação do novo azulejo, que o objectivo passa por «divulgar o melhor que Amares tem, pôr a economia a mexer e ser também uma lembrança interessante para quem visita o concelho».

Relativamente à peça, a designer revelou que para além da figura de D. Gualdim Pais, «está adornada pelos anjos e janelas, uma particularidade daqui do Mosteiro, e também com outros elementos, como a laranja e a uva. Tento sempre conjugar os elementos mais importantes da nossa terra para que tanto a estética como o trabalho fiquem harmoniosamente conjugados, para que faça sentido».

PUBLICIDADE

O azulejo pode ser encontrado em locais de pousada, agro-turismo e muitos outros espaços de alojamento turísticos ou estabelecimentos relacionados ao turismo.

«CONSEGUE TRANSFORMAR EM ARTE VÁRIOS ELEMENTOS DA REGIÃO»

O Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, destacou durante a apresentação da nova peça que «a Sylvie é uma artista do concelho que já trabalha connosco há cerca de 3 anos, com um projecto muito interessante e de uma beleza e encanto únicos. Consegue transformar em arte vários elementos da nossa região e tem feito um trabalho excelente».

«A IGREJA ESTÁ SEMPRE DE PORTAS ABERTAS PARA O DIÁLOGO COM A CULTURA»

Já Nuno Oliveira, padre da paróquia de Santo André de Rendufe, afirmou que «a Igreja está sempre de portas abertas para o diálogo com a cultura e com todos, por forma a proporcionar a todas as pessoas o bem-estar e a qualidade que lhes é devido. Em meu nome pessoal e em nome da comunidade que represento, o meu obrigado».