TERRAS DE BOURO -
Termas do Gerês reabrem este sábado

As termas do Gerês reabrem este sábado os balneários, disse ao jornal “O Amarense” a gestora da empresa concessionária, Rosário Van Zeller, que garante que a segurança sanitária dos utentes e dos funcionários volta a estar garantida.

«Reabrimos com as valências termais habituais, e acompanhamento personalizado, em termos médicos ou de tratamentos em SPA», referiu.

PUBLICIDADE

Salientou que as águas «são também excelentes» para ajudar as pessoas que apanharam Covid-19 e que, sujeitas a tratamentos farmacêuticos, ficaram, ou podem ter ficado, com algum problema de fígado.

O Hotel das Águas também já está a funcionar, o mesmo sucedendo com as piscinas exteriores e o parque das Termas.

A empresária espera que este seja um ano de recuperação, já que 2020 foi fraco.

«No ano passado, abrimos mais tarde e as pessoas tinham medo de apanhar o vírus. Agora, há muita gente já vacinada e muitos outros que contraíram a doença, pelo que o medo diminuiu», sublinhou.

ECONOMIA LOCAL

Ao jornal “O Amarense”, o presidente da Câmara de Terras de Bouro, Manuel Tibo, manifestou-se satisfeito com a abertura das Termas e adiantou que as de Moimenta também reabrem dia 15.

O autarca anseia, também, pelo dia da abertura, sem peias do lado galego, na próxima semana, da fronteira da Portela do Homem.

O Gerês – assinala – tem vários hotéis que vivem, em parte, da actividade termal, já que há pessoas que ali vão a águas – o que já acontece desde o tempo dos romanos, há dois mil anos – por períodos longos e que neles se hospedam.

Tem, ainda, dezenas de pensões e casas de alojamento, rural ou local, que também beneficiam da estância termal e que, agora, estão quase vazias. E há uma transportadora, a “Hoteleira do Gerês”, que também é prejudicada quando as termas não funcionam.