REGIÃO -
3.º Concurso de Saltos Internacional de Esposende decorre de 10 a 12 de Setembro

A 3ª edição do Concurso de Saltos Internacional (CSI) de Esposende vai decorrer entre os próximos dias 10 e 12 de Setembro. O evento é organizado pelo Clube Hípico do Norte, em parceria com a Federação Equestre Portuguesa e a Câmara Municipal de Esposende, sendo que, «este ano, por força da situação pandémica, não contempla a entrada de público».

Após o reconhecido sucesso das anteriores edições, o evento encontra-se «perfeitamente consolidado no calendário do hipismo internacional». Espera-se, pois, que possa «continuar a proporcionar uma experiência desportiva de excelência no território, tanto ao nível da participação e performance desportivas, como na hospitalidade com que Esposende recebe o evento, os participantes e seus familiares, dando um significado especial ao contexto desportivo». 

MAIS DE 200 CAVALEIROS

PUBLICIDADE

A competição volta a contar com a presença de prestigiados cavaleiros internacionais e também com a elite equestre nacional, totalizando «mais de 200 cavaleiros, acompanhados por 750 profissionais de equitação e 70 colaboradores, prevendo-se a realização de cinco competições diárias». 

PROVAS

As provas decorrem em contínuo ao longo dos três dias, entre as 10h e as 18h. A prova rainha, o Grande Prémio Internacional, realiza-se no dia 12 de Setembro (domingo), às 16h.

“PRIZE MONEY”

Na perseguição da excelência, a organização atribuiu um “prize money” significativo às principais provas do Concurso, «dinamizando o espírito competitivo saudável entre os atletas e imprimindo, assim, valor acrescentado à iniciativa».

Em nota enviada, o Município de Esposende destaca que «a organização de um evento desta natureza no concelho insere-se na estratégia de alavancar a notoriedade e visibilidade na comunidade equestre internacional, com um efeito subsequente de potenciar a internacionalização de Esposende como destino equestre turístico e desportivo. A articulação organizativa, desportiva e promocional entre o Município e o Clube Hípico do Norte, tem permitido alcançar resultados de excelência, com um significativo impacto na economia local, durante todo o ano».