AMARES

AMARES -
«30% das matrizes rústicas de Amares já se encontram georreferenciadas»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Amares atingiu, esta terça-feira, o «limite mínimo de terrenos georreferenciados na plataforma BUPI – Balcão Único do Prédio, estando já 30% das matrizes rústicas georreferenciadas, o que corresponde a um total de 4.409 matrizes».

O Município Amarense aderiu, «há sensivelmente 1 ano», a este serviço, que permite aos cidadãos «registarem as suas propriedades rústicas e mistas de forma simples e gratuita, garantindo a titularidade dos seus terrenos e marcação dos seus limites, contribuído, simultaneamente, para um melhor planeamento e gestão sustentável do território».

As visitas descentralizadas do BUPI às freguesias terminam no final de 2022, mas o projecto continua até 2025.

PUBLICIDADE

Para mais informação aceda: https://bupi.gov.pt/ ou entre em contacto para o 253 991 330 ou para o [email protected] .

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS