BRAGA -
Mais de 5.000 detidos na operação ‘Verão Seguro 2020’ da PSP

Foram detidas mais de cinco mil pessoas entre 1 de Junho e 30 de Setembro, no âmbito da operação ‘Polícia Sempre Presente – Verão Seguro 2020, anunciou a PSP esta sexta-feira.

Segundo um balanço final da operação, a PSP realizou, durante aquele período, 8.877 operações, nas quais foram detidas 5.294 (mais 73% do que na operação de 2019).

Destas detenções, 1.228 deveram-se a condução sob influência do álcool, 1.665 por falta de habilitação legal, 486 por tráfico de droga, 181 por furto e 69 por roubo.

PUBLICIDADE

Durante a operação, foram apreendidas 181 (menos 16% que em 2019) armas de fogo e 700 (+ 154%) outras armas.

No que diz respeito a estupefacientes, a PSP apreendeu 484.750 doses (+246% do que em 2019), 201.962 doses de haxixe, 71.087 doses de heroína, 109.494 doses de cocaína, 8.767 comprimidos ecstasy e 85.440 doses de outras drogas.

Quanto à fiscalização rodoviária, a PSP fiscalizou 84.633 viaturas, de que resultaram 63.961 (+37% que em 2019) autos de notícia por contra-ordenação elaborados por infracção rodoviária.

Entre as infracções detectadas destacaram-se 6.649 (+111%) condutores em excesso de velocidade e 2.482 (+ 46%) por utilização do telemóvel durante a condução.

A operação integra também o programa ‘Estou Aqui’, tendo sido distribuídas este ano 22.480 pulseiras, sem registo de qualquer accionamento por desaparecimento da criança, e o programa ‘Chave Directa’ que registou com 1.525 pedidos de vigilância de residências.

A operação ‘Polícia Sempre Presente – Verão Seguro 2020’ visou a prevenção e fiscalização no contexto da Segurança Rodoviária, a implementação do ‘Programa – Chave Directa’, o lançamento da edição 2020-2021 do ‘Estou Aqui’ e a monitorização do cumprimento das medidas em vigor no âmbito da pandemia da Covid-19, reforçando a informação e sensibilização para o cumprimento do quadro legal e das recomendações das autoridades de saúde.