ECONOMIA: Associação Empresarial do Vale do Homem assinala um ano de existência

ECONOMIA:
Associação Empresarial do Vale do Homem assinala um ano de existência

A Associação Empresarial do Vale do Homem, AEVH, assinala este sábado o seu primeiro ano. Este organismo congrega o tecido empresarial e comercial dos concelhos de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde. O primeiro acto formal aconteceu por celebração da escritura pública, a 15 de Setembro de 2017.

Os contactos estabelecidos no tecido empresarial de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde coincidiram no sentido da agregação territorial num projecto «comum, igual para todos, equilibrado na representação e pujante nas dinâmicas que se querem empreender», refere, em comunicado, o presidente do Conselho de administração em funções, Jorge Pereira.

«Com esta fusão, depois de garantidas as parcerias dos municípios de Amares, Vila Verde e Terras de Bouro, bem como de outros empresários e organismos de desenvolvimento local dos três concelhos, estão a ser dados passos consequentes para consolidar a Associação Empresarial do Vale do Homem (AEVH) como membro efectivo da estratégia de desenvolvimento económico do território da sua área de abrangência», vinca o actual presidente da Associação.

PUBLICIDADE

A 23 de Novembro de 2017, foram eleitos e empossados os órgãos de administração que se encontram em gestão, tendo – nesse entretanto, – sido instalado o Conselho Consultivo. Este último é presidido por José da Mota Alves, presidente da ATAHCA, órgão que integra ainda os três municípios do Vale do Homem, mais de uma dezena de empresas representantes do tecido empresarial do Vale do Homem, entre outros organismos de desenvolvimento local e regional.

AEVH – ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DO VALE DO HOMEM

A associação tem por fins a «representação e defesa dos interesses comuns de todos os seus associados, a promoção e defesa das actividades, empresariais e associativas, nomeadamente, a prossecução e desenvolvimento de actividades que os seus órgãos tiverem por mais adequadas, nelas se incluindo a Agricultura, Indústria, Comércio, Serviços e Economia Social, a prestar aos seus associados e a representação dos interesses da comunidade empresarial junto do poder político e da administração pública; o estudo dos seus problemas que sejam de interesse para o desenvolvimento da economia dos concelhos abrangidos, nomeadamente Vila Verde, Amares e Terras de Bouro; contribuir para um bom entendimento e cooperação entre associados, assim como para o desenvolvimento das empresas associadas; procurar a defesa dos seus associados contra as práticas de concorrência desleal; prestar à comunidade empresarial a organização de feiras, certames, colóquios, conferências e congressos; prestar aos seus associados informação e apoio técnico; promoção de negócios e investimentos, incluindo a possibilidade de realização de missões empresariais; ensino e formação profissional», pode ler-se ainda no comunicado enviado.

oamarense@gmail.com