AMARES -
Chumbado projecto de nova ponte entre Amares e Vieira do Minho

O projecto de criação de uma nova ponte de ligação entre os concelhos de Amares e de Vieira do Minho, para substituir a Ponte do Bôco/Ponte da Parada, foi chumbado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara de Vieira do Minho, António Cardoso, que está a liderar o processo.

PUBLICIDADE

Segundo o autarca vieirense, o “chumbo” do projecto deve-se ao facto de a nova ponte ficar situada numa zona ecológica, pelo que a CCDR-N não autorizou a sua execução.

«Quer Vieira do Minho, quer Amares têm as melhores intenções, têm vontade, mas infelizmente esbarrámos na burocracia e às vezes na fraca cooperação», explicou, na última sessão da Assembleia Municipal.

Cardoso acrescentou que está a ser equacionada a possibilidade de requalificar a actual ponte, que está fechada ao trânsito por razões de segurança devido ao seu estado de degradação, sublinhando que vai reunir com o autarca de Amares, Manuel Moreira, para decidir o que fazer.

A Ponte do Bôco/Ponte da Parada liga os lugares de Dornas (Amares) e de Parada de Bouro (Vieira do Minho), sendo a mais antiga em Portugal feita em betão armado.