FIM-DE-SEMANA GASTRONÓMICO PROMOVE CABRITO BIOLÓGICO DA SERRA DO GERÊSContra o cabrito espanhol, marchar, marchar

FIM-DE-SEMANA GASTRONÓMICO PROMOVE CABRITO BIOLÓGICO DA SERRA DO GERÊS
Contra o cabrito espanhol, marchar, marchar

O cabrito biológico da Serra do Gerês vai poder ser saboreado em 13 restaurantes de Terras de Bouro, no próximo fim-de-semana. Este ano, a iniciativa é mais «contida» servindo de rampa de lançamento de uma grande feira que o Município quer realizar em 2019, «num espaço próprio, que iremos requalificar», como revelou o Presidente da Câmara na apresentação do fim-de-semana gastronómico. «Os custos eram muito elevados por falta de um equipamento próprio. Por isso, este ano, somos mais contidos para não deixar morrer a iniciativa, estratégica para nós».

Manuel Tibo lembrou «a qualidade superior, a nível nacional, do cabrito biológico da Serra do Gerês» que tem potencial «para combater o cabrito importado de Espanha». Este é um produto que o Município apresenta «como estratégico para alavancar o futuro do Concelho». Daí a necessidade de «algum tempo» para que o certame «seja mais profissional, mais divulgado, mais promovido. No próximo ano, queremos juntar os workshops e os seminários à volta do cabrito com a degustação do produto, num espaço próprio» que irá, também, permitir organizar outras actividades promotoras deste produto endógeno.

Presente na sessão de apresentação esteve, também, o Presidente da ATHACA, Mota Alves. «O cabrito biológico é um produto com qualidade e certificado», permitindo aos restaurantes «apresentar um prato de qualidade excelente». Mota Alves recordou a centralidade de Terras de Bouro em relação a Braga, Viana do Castelo, Guimarães e até mesmo ao Porto para justificar «uma aposta numa marca territorial» feita com parcerias porque «é fundamental que todos em conjunto promovam uma dinâmica económica que permitam fixar os jovens e desenvolver a região».

PUBLICIDADE

Workshop

No dia 11 de Maio, sexta-feira, discute-se a importância do cabrito biológico na gastronomia do Concelho com a presença do Chefe José Vinagre que irá apresentar as diversas formas de confecionar o cabrito; de Filipe Pacheco, da Direcção-Regional de Agricultura e Pescas do Norte que falará sobre a importância do cabrito e da sua produção; de José Silva, jornalista, que introduzirá o tema sobre a importância da gastronomia no turismo e no desenvolvimento local e finalmente Mota Alves, da ATHACA, disseca a gastronomia em Terras de Bouro.