BRAGA -
Covid-19. Protecção Civil Municipal de Braga distribuiu mais de 53 mil equipamentos de protecção individual

A Câmara de Braga adquiriu, até esta quarta-feira, 53.256 Equipamentos de Protecção Individual (EPI), dos quais 33.013 foram entregues à Companhia de Bombeiros Sapadores, Bombeiros Voluntários de Braga, Cruz Vermelha Portuguesa e Policia Municipal.

A Divisão de Protecção Civil avança ainda que no âmbito da Comissão Municipal de Protecção Civil foi formada a Subcomissão de Saúde (constituída pela Protecção Civil Municipal, Autoridade de Saúde, Agrupamento de Centros de Saúde, Segurança Social e Hospital de Braga), que, como unidade central de coordenação, planeamento e definição de acções mitigadoras da pandemia, realizou  “até ao momento 70 reuniões com  representantes de instituições de solidariedade social e entidades privadas sempre que se verificaram casos positivos de covid-19”.

PUBLICIDADE

“Esta articulação possibilitou a adopção de medidas de contenção e controle, desde a definição de alas de isolamento até acções de desinfecção – estas em colaboração com a Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga -, numa óptica de entreajuda e suporte aos colaboradores e utentes das instituições sujeitos também a grande pressão e esforço no combate à pandemia”, refere o pelouro da Protecção Civil, tutelado por Altino Bessa.

Uma das áreas de “maior preocupação”, desde o início da pandemia foram as Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas, nomeadamente lares de idosos. Neste campo, o município constituiu brigadas multidisciplinares entre a protecção civil, saúde e Segurança Social, as quais “têm como principal objectivo a realização de visitas de acompanhamento e aconselhamento a estas estruturas, nomeadamente no que respeita aos respectivos planos de contingência, tendo sido realizadas até ao momento 60 visitas”.