REGIÃO

REGIÃO -
E-redes conclui remodelação de 2,5 milhões de euros na Subestação de Guimarães

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A E-Redes concluiu os trabalhos de remodelação da Subestação de Guimarães e respectiva rede de alta (AT) e média (MT) tensão, uma intervenção de 2,5 milhões de euros, anunciou a empresa.

Colocada em serviço em 1959, a Subestação de Guimarães foi sendo alvo de diversas obras de manutenção e de remodelação longo da sua vida, assegurando o correcto funcionamento desta infra-estrutura e o crescimento de cargas que se foi verificando com o decorrer dos anos. 

“A intervenção agora levada a cabo constituiu, no entanto, uma reestruturação profunda da tipologia da instalação, preparando-a para dar resposta aos desafios da transição energética. Tratou-se de uma obra com um volume de investimento de 2,5milhões de euros”, refere a empresa, destacando-se:

PUBLICIDADE

A intervenção incluiu a substituição dos Sistemas de Protecção e Comando clássicos por um Sistema de Protecção, Comando e Controlo digital, “permitindo desta forma ter maior sensibilidade e selectividade na detecção e eliminação de defeitos que possam ocorrer na rede” e remodelação do Edifício de Comando da subestação e o enterramento parcial de linhas AT e MT, “melhorando significativamente o enquadramento paisagístico da instalação”.

Tratando-se de uma Subestação com forte carga industrial, foi necessário recorrer a Unidades Móveis de Recurso de Média Tensão, vulgarmente designadas subestações móveis, para assegurar a continuidade do abastecimento de energia, adianta a E-Redes, empresa do grupo EDP responsável pela operação da rede de distribuição de energia eléctrica em Portugal continental.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS