AMARES -
«Educação, acção social e saúde continuam a ser apostas» do Município de Amares

A Câmara Municipal de Amares de Amares «continua a fazer um grande investimento em apoios socio-educativos, bem como, ao nível da promoção da saúde e prevenção da doença, com o intuito de proporcionar uma melhor qualidade de vida e um ensino de excelência à geração actual e vindoura». Em nota enviada, o Município salienta que  «exemplo disso, foram as verbas canalizadas para estas três áreas de actuação», recentemente apresentadas no relatório de contas de 2019 da Autarquia.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, «estes apoios, que representam verbas avultadas nas despesas correntes da autarquia, foram bem empregues, deram respostas, deram dignidade, deram esperança às famílias do Concelho», defendendo que «continua a acreditar nas mais-valias desta forma de actuação».

EDUCAÇÃO

PUBLICIDADE

No que diz respeito à educação, em 2019, a equipa do Município de Amares responsável pelas refeições escolares (cozinheiras, auxiliares, técnicos, nutricionista, responsável de segurança e higiene) assegurou uma média de «720 refeições / dia para as crianças do pré escolares e 1º ciclo do nosso Concelho, num investimento total de 400 mil euros».

Notam, ainda, os 576 alunos que «receberem livros de actividades gratuitos, 235 alunos receberam material escolar gratuito a entrega de bolsas de estudo no valor de 30.000€, bolsas de mérito escolar no valor de 3 mil euros e a gratuitidade dos transportes escolares para o universo das 1097 crianças e jovens que frequentam o ensino em Amares, que abrangeu uma verba de 460 mil euros». 

ÁREA SOCIAL E SAÚDE

Relativamente à acção social e saúde, o Município de Amares concedeu apoio mensal a «90 pessoas na aquisição de medicação, o que totaliza uma média anual de 1000 casos apoiados, num investimento global de 30 mil euros». As famílias amarenses continuam a ser apoiadas também ao nível da vacinação infantil. «Só em 2019, a Autarquia apoiou a aquisição de 279 vacinas Bexero, dispondo de 27 mil euros para esse efeito.

Finalmente, o Município de Amares deu «apoio mensal ao arrendamento a 70 agregados familiares com carência económica, no valor de 47 mil euros».