REGIÃO -
Esplanadas cheias impedem ambulância de socorrer doente de covid-19 na Corunha

Dois dias de depois de reabrirem, esplanadas completamente cheias impediram este sábado uma ambulância de socorro de covid-19 de chegar até à porta do prédio onde reside uma doente, na cidade da Corunha, na Galiza, avança este domingo o jornal Quincemil.

O periódico galego divulga uma foto onde se vê um profissional de saúde da Rede de Transporte sanitário (RTSU) a transportar a pé a pelo meio de uma rua cheia de pessoas.

Segundo os técnicos da RTSU, que denunciaram o caso nas redes sociais, a ambulância não teve outra solução que esperar numa das entradas da rua, enquanto que a doente seguiu sentada numa cadeira de rodas, enquanto a clientela das esplanadas permanecia indiferente à situação.

PUBLICIDADE

“Não gostamos de ficar zangados, mas assim não!”, desabafaram os profissionais da RTSU na rede social Twitter. “Não podemos acorrer a um caso positivo de COVID-19 e não termos acesso só porque a restauração e a clientela acham que não é nada com eles”.