EDIÇÃO IMPRESSA - Factura da água em Amares vai aumentar. Saiba porquê

EDIÇÃO IMPRESSA -
Factura da água em Amares vai aumentar. Saiba porquê

A Câmara de Amares aprovou esta segunda-feira, com o voto desfavorável do vereador do PS, a alteração ao tarifário dos serviços de abastecimento público de água, de saneamento básico e de gestão de resíduos sólidos tendo em conta as recomendações da ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos.

O vereador do Ambiente da autarquia, Vítor Patrício Ribeiro, disse ao jornal “O Amarense” que o novo tarifário – em vigor a partir de Janeiro – implica um aumento de cerca de dois euros, já a contar com a introdução de uma taxa de resíduos sólidos urbanos, «obrigatória por lei e que não estava a ser aplicada».

Além de uma explicação do vereador da tutela, conheça nesta edição de Outubro de “O Amarense”, já nas bancas, as opiniões dos vereadores da oposição, Pedro Costa (PS) e Emanuel Magalhães (MAIS).

PUBLICIDADE