TERRAS DE BOURO -
Faixas pretas nos edifícios municipais de Terras de Bouro para assinalar o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres

Com o intuito de assinalar o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres (25 de Novembro), o Município de Terras de Bouro aliou-se às demais entidades que defendem esta causa, no sentido de «alertar e consciencializar a população para este flagelo que, infelizmente, ainda assola a humanidade», divulgarndo vários folhetos com informação importante sobre o tema, contactos úteis e procedeu ainda à colocação de faixas pretas nos edifícios municipais, que aí permanecerão ao longo desta semana com o número das vítimas ocorridas neste contexto de violência (534 femicídios ocorridos entre 2014 e 2019). Esta iniciativa resulta de uma parceria com a UMAR – União de Mulheres Alternativa Resposta – Núcleo de Braga.

Em comunicado, pode ler-se que esta é «uma responsabilidade de toda a comunidade em geral, e em particular, das diversas entidades, assumir e manter o compromisso de prevenir, rejeitar e condenar francamente todos os actos de violência contra as mulheres e raparigas. É precisamente neste contexto que o Município de Terras de Bouro não poderia deixar passar uma data tão importante sem a assinalar, e desta forma expressar e repudiar todo e qualquer ato de violência contra as mulheres. Todavia, acabar com a violência contra as mulheres e raparigas exige um compromisso firme, e o envolvimento de todos, quer a nível institucional, organizacional e da sociedade em geral, e, principalmente, dos homens».

Na mesma nota, a Vereadora do Município, Ana Genoveva Araújo, deixa ainda uma nota de «esperança» e «incentivo» na luta por esta causa. 

PUBLICIDADE