CULTURA

CULTURA -
Festival Convergências arranca esta sexta-feira em Braga, Ponteareas e Santiago de Compostela

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Arranca esta sexta-feira a 9.ª edição do Festival Convergências Portugal-Galiza nas cidades de Braga, Ponteareas e Santiago de Compostela, com mais de uma dezena de eventos culturais.

Da música à dança, do teatro ao cinema, das tertúlias às exposições, este festival, que termina dia 25, estreita os laços que unem Portugal e a Galiza, evidenciando a semelhança entre as duas culturas e as diversas formas de expressão artística.

Separados pelas águas, mas unidos pela língua, pelos costumes e pela cultura. Portugal e Galiza estão, mais uma vez, de mãos dadas neste festival cultural, levado a cabo pelo grupo Canto D’aqui da Cidade de Braga, em parceria com o Centro de Estudos Galegos da Universidade do Minho, contando com o apoio do município de Braga e da Xunta da Galicia.

Na apresentação da iniciativa, Ana Ferreira, chefe de gabinete do presidente da Câmara Municipal de Braga, salientou que este é um festival consolidado no território, sendo já uma marca incontornável na cultura transfronteiriça.

“O município de Braga tem apoiado deste festival desde a primeira hora. Para nós, é muito importante esta ligação à Galiza, não apenas na área cultural, mas também na educação, no turismo ou na área social”, sustentou.

TRIBUTO A ZECA AFONSO

A 9.ª edição do Convergências promete dias enriquecedores a nível de conhecimento, com eventos de grande interesse cultural e musical, incidindo sempre na sua temática principal de evocar os nomes de José Afonso e Rosalía de Castro.

Do vasto e diversificado programa, em Braga, destaca-se na música os ‘Cantares da Raia’, com Augusto Canário, Luís Caruncho e Benito em Nogueiró; o concerto ‘José Afonso Hoje’ pelo Orfeão de Merelim, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva; a Noite de Fado Convergente com Tiago Correia, Iria Estévez, Artur Caldeira e Daniel Paredes, no Centro da Juventude de Braga; ‘Danças da Raia’ com o Grupo Ecos e Agarimos do CCV de Peitieiros e o Grupo Folclórico da UMinho, na Praça da República e Tributo a Zeca Afonso e Rosalía de Castro com Canto D’Aqui, Iria Estévez e Pedro Jóia, no Theatro Circo.

Destaque ainda para a presença do contador de estórias Quico Cadaval que vai falar sobre ‘Vacas, guerras, porcos e curas’ no edifício dos Congregados da Universidade do Minho e para a jornada ‘A língua e o Reino, entre Compostela e Braga, na Casa do Conhecimento, na universidade minhota entre muitas outras actividades.

O programa cultural decorre ainda nas cidades de Santiago de Compostela e Pontereas.

A programação está disponível no portal do Município de Braga em www.cm-braga.pt

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS