PAÍS -
Governo garante vacinas para a segunda fase da vacinação da gripe que arranca esta segunda-feira

A segunda fase da vacinação da gripe arranca na segunda-feira e a directora-geral da Saúde, Graça Freitas, assegurou este sábado a existência de doses suficientes com vista a evitar confusões entre casos de gripe e casos de covid-19. No total, Portugal adquire dois milhões de vacinas.

“A campanha de vacinação da gripe deste ano visa uma coisa muito importante, que é evitar ao máximo casos de gripe para não criar confusão com casos de covid e obrigar a que se faça um diagnóstico diferencial entre doenças respiratórias”, explicou, sublinhando existirem já 785 mil doses e que na próxima semana será atingido o número de 1,4 milhões de vacinas, sendo que o total de vacinas adquiridas para 2020 ronda os dois milhões de doses.

Em declarações proferidas na conferência de imprensa de actualização da evolução da pandemia, Graça Freitas notou que a “primeira fase ainda está a decorrer e está a correr bem”, com o foco a incidir nas “pessoas que estão em instituições – sobretudo as mais idosas, mas também as da rede de cuidados continuados – e os profissionais, quer de saúde, quer os do sector social”.

PUBLICIDADE

 “As tranches têm chegado de acordo com o que estava programado e mesmo antes do que estava programado. Há vacinas suficientes para começarmos a segunda fase e que é muito importante: é organizada pelos nossos centros de saúde e tem grandes grupos a serem vacinados”, observou, apontando às pessoas com 65 ou mais anos e doentes crónicos, além das grávidas, que já foram incluídas na primeira fase de vacinação.

Portugal regista este sábado 2.608 novos casos de infecção com o novo coronavírus, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia de covid-19, e 21 mortos, segundo o boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS).

É o terceiro dia consecutivo que Portugal tem mais de dois mil novos casos, após os 2.072 registados na quarta-feira e os 2.101 na quinta.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.149 mortes e 95.902 casos de infecção, estando activos 37.697 casos, mais 1.602 do que na quinta-feira.