REGIÃO

REGIÃO -
Guimarães implanta luminárias LED que activam videovigilância

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Contrato de Gestão de Eficiência Energética para a iluminação pública do município de Guimarães, aprovado esta segunda-feira em reunião de Executivo, permite que a cidade passe a beneficiar a 100% de tecnologia LED em todas as suas 36 mil luminárias, incluindo as actualmente instaladas no Centro Histórico.

Em comunicado, a autarquia avança que “ao longo dos últimos anos, e como medida destinada a uma maior eficiência energética e a um território climaticamente mais neutro, a Câmara substituiu 21.400 luminárias de vapor de sódio por luminárias de tecnologia LED”.

“A utilização desta tecnologia permite reduzir as emissões de CO2 e a eliminação de elementos perigosos para o ambiente como é o caso do mercúrio”, acrescenta, referindo que “os benefícios incluem ainda a poupança energética e o aumento da durabilidade do sistema.

POUPANÇA

O Contrato de Gestão de Eficiência Energética agora vai permitir que, além das 21.400 instaladas, sejam convertidas 14.600 luminárias (num total de 36.000).

A Câmara adianta ainda que o tipo de luminária LED que será instalada incorpora tecnologia que permitirá activar o sistema de videovigilância (no Centro Histórico e/ou noutros locais), uma função que poderá ser activada após a aprovação da legislação aplicável para o efeito e sempre de acordo com o que vier a ser determinado politicamente pelo Executivo.

Para o tipo de luminárias previstas em caderno de encargos, está previsto um prazo global de contrato de 15 anos, uma poupança global de 79,71% e uma partilha com o município de 12,8%.

Durante esse período de tempo, fica a cargo do adjudicatário a gestão, manutenção, conservação e garantia de bom funcionamento. O investimento total será feito pelo adjudicatário, sendo o ressarcimento feito através da poupança verificada.

A Câmara Municipal de Guimarães estima poupar, nestes 15 anos, cerca de 11,2 milhões de euros dos quais serão entregues ao município quase 1,5 milhão de euros. No final deste prazo, todo o equipamento e respectiva poupança reverterão na íntegra para o município.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS