TERRAS DE BOURO -
Homem que agrediu e perseguiu vizinho em Terras de Bouro em prisão preventiva

O homem de 42 anos que na passada segunda-feira agrediu e perseguiu um vizinho em S. Mateus da Ribeira, Terras de Bouro, ficou em prisão preventiva, mas pode ainda passar ao regime de prisão domiciliária através de pulseira eletrónica.

O homem foi detido na terça-feira pela Polícia Judiciária de Braga, encontrando-se indiciado por crimes de homicídio na forma tentada, dano com violência e detenção de arma de fogo proibida.

Com base no despacho do juiz de instrução criminal da Comarca de Braga, o indivíduo de 42 anos pode ficar em casa (prisão domiciliária) caso existam condições para tal (telefone fixo na residência para controlo electrónico à distância e a sua família consentir). De momento, encontra-se detido preventivamente e em quarentena no Estabelecimento Prisional de Vale do Sousa, em Paços de Ferreira.

PUBLICIDADE