BRAGA -
InvestBraga aposta no apoio à recuperação económica e criação de emprego em cenário de covid-19

Para os próximos meses, a InvestBraga aposta na captação e retenção de talento e apoiar as empresas bracarenses na recuperação económica. O ‘braço económico’, do município de Braga apresentou esta quinta-feira, os resultados do ano de 2019 e lançou o seu novo portal para o apoio ao emprego.

Durante a apresentação de resultados, Ricardo Rio, presidente da InvestBraga e da Câmara Municipal, destacou a importância da Agência para a Dinamização Económica na captação de investimentos e projectos para a cidade, sublinhando também a relevância da fixação destes activos para a redução do número de desempregados no concelho, que em 2019 se cifrou nos 6.260.

Preocupado com a situação gerada pela pandemia covid-19, Ricardo Rio admitiu ainda que os números do desemprego “poderão atingir os registados em 2017, cerca de 7.300”, sendo, portanto, essencial garantir “o apoio especializado da InvestBraga ao tecido empresarial bracarense, de forma a ser possível retomar o crescimento económico e potenciar a criação de emprego”.

PUBLICIDADE

De forma a responder ao desafio do desemprego, a InvestBraga conta a partir desta quinta-feira, com uma plataforma que permite unir empregadores a potenciais interessados em preencher as vagas disponíveis nas empresas. 

O portal, que pode ser visitado em www.workinbraga.com, e que resulta do projeto Work In Braga, conta já com mais de 200 vagas registadas, sendo cerca de 70% para a área de tecnologias de informação.

Para Carlos Silva, administrador executivo da InvestBraga, o Work in Braga é “essencial para a atracção e retenção do talento, uma vez que facilitará o acesso a oportunidades de trabalho em empresas do concelho de Braga”.

Altice Forum Braga destaca-se, Startup Braga consolida posição como hub de inovação

Com proveitos na ordem dos 1,8 milhões de euros, num total de mais de 2,2 milhões de euros na InvestBraga, o Altice Forum Braga “contribuiu significativamente”, em 67%, para o volume de negócios global da InvestBraga, segundo os dados apresentados esta quinta-feira.

Para Carlos Silva, “a força financeira da InvestBraga parte das feiras, congressos e eventos, sendo, no entanto, essencial o trabalho feito por todas as unidades de negócio para a consolidação da marca InvestBraga”.

O ano de 2019 contribuiu também para a consolidação da Startup Braga, que passou a integrar a rede europeia Startup Cities Europe Partnership, uma iniciativa da Comissão Europeia, e para a inauguração do Centro de Juventude de Braga, um projexto que, de acordo com Carlos Silva, se irá “notabilizar pela capacidade de atrair turistas para a cidade”.

INVESTBRAGA EM NÚMEROS (2019)

·         Ao abrigo do Programa + Indústria, entre 2015 e 2019, já foram investidos em Braga 395,5 milhões d  euros, tendo sido criados 2-169 postos de trabalho;

·         Em 2019, foram recebidos na InvestBraga 10 embaixadores estrangeiros;

·         Foi nomeado um novo embaixador empresarial, passando o grupo a ter 29 embaixadores, que tiveram volumes de facturação superiores a 3,7 milhões, 2,1 mil milhões em exportações, empregando mais de 20 mil colaboradores;

·         Números do desemprego têm vindo a diminuir, sendo que, em Dezembro de 2019, Braga tinha 6.260 desempregados;

·         Exportações em Braga aumentaram em 124% face a 2013, sendo Braga o terceiro concelho mais exportador do país, em termos reais;

·         Volume de negócios do Altice Forum Braga ascendeu, em 2019, aos 1.864.625,38 euros;

·         Altice Forum Braga recebeu, no último ano, 205 eventos e 417 mil espectadores;

·         Startups da comunidade da Startup Braga angariaram, no decorrer do ano passado, 21.2 milhões de euros em investimento via Business Angels e Venture Capital. Entre 2014 e 2019, a comunidade de startups angariou 48,1 milhões de euros;

·         As 138 startups potenciaram a criação de 180 postos de trabalho qualificados em 2019, ascendendo a contratação directa desde a fundação do hub de inovação a valores superiores aos 600 postos de trabalho;

·         Inaugurado no final de 2019, o Centro de Juventude de Braga teve 683 dormidas.