AMARES -
ISAVE abriu oficialmente o novo ano lectivo e tem um novo Conselho de Direcção

O ISAVE – Instituto Superior de Saúde, em Amares, abriu oficialmente o novo ano lectivo, naquela que foi a primeira sessão pública da nova entidade instituidora, a SINTDEI (Sociedade Internacional de Desenvolvimento, Ensino e Investigação).

Aumentar o número de licenciaturas, implementar mestrados e reforçar a dimensão europeia, contribuindo para o desenvolvimento local, são prioridades do novo Conselho de Direcção.

PUBLICIDADE

Aberta a sessão por Susana Oliveira, responsável pelos Serviços Académicos, usou da palavra Bruno Ravaz, em representação do Conselho de Direção, que destacou como «eixos essenciais da actuação da nova entidade a continuidade do projecto, a abertura ao mundo – tratando-se de uma escola que se quer europeia – e um desenvolvimento que beneficie estudantes, colaboradores, parceiros e a região».

O Director Executivo, João Luís Nogueira, dirigiu-se aos estudantes exortando-os a serem exigentes com a instituição, salientando a necessidade de mudança para uma ambição renovada no sentido de manter e reforçar uma formação de excelência.

Pertenceu a Fausto Amaro, novo Presidente do ISAVE, a intervenção mais indiciadora do novo rumo a seguir. Depois de destacar o «trajecto de sucesso» da instituição, apontou a «necessidade de aumentar o número de estudantes e de licenciaturas, de instituir mestrados em áreas de impacto para a região e de apostar na componente da formação ao longo da vida».

O incremento de parcerias, o contributo para o desenvolvimento local, uma aposta mais consistente na inserção profissional dos diplomados e a abertura a estudantes de todas as nacionalidades foram outras ideias defendidas por aquele responsável.