AMARES / Novos cursos superiores em agenda - ISAVE atinge lotação máxima

AMARES / Novos cursos superiores em agenda -
ISAVE atinge lotação máxima

O ISAVE, escola de ensino superior instalada em Amares, atingiu a sua lotação máxima, 220 alunos. «É, sem dúvida, uma fase de assumida ascensão do ISAVE, que também muito se deve às sinergias das parcerias da comunidade envolvente», declarou a directora do instituto, hoje, durante a reunião do Conselho Consultivo. Foi ainda anunciada a submissão de novas candidaturas a novos cursos.

Na reunião daquele órgão, o director-geral, João Luís Nogueira, e a Presidente do ISAVE, Mafalda Duarte, apresentaram o ponto de situação dos cursos submetidos a apreciação da DGES e A3ES; discutiram novas propostas educativas; e levantaram áreas pertinentes relativamente às necessidades do projeto ISAVE e da comunidade que o rodeia.

PUBLICIDADE

O director-geral adiantou que «está prestes a ser implementado um novo curso de especialização, na área da Nutrição, com equivalências de relevo – fruto de uma promissora relação entre a Escola Universitária Atlântica e o ISAVE. Nós somos do tamanho dos nossos parceiros», afirmou.

NOVOS CURSOS

Com lotação máxima e ambições de crescer, a Presidente anunciou que foram submetidas novas propostas à DGES e A3ES de Cursos Técnicos de Ensino Superior Profissional (CTeSPs), Licenciaturas, Mestrados, Pós-Graduações e Cursos de Formação Especializada, em áreas como Proteção Civil e Socorro, Apoio à Gestão de Consultórios Médicos, Nutrição e Dietética, Cuidados Continuados e Paliativos, Gerontologia Aplicada, entre outros.
Além da Internacionalização e Mobilidades alargadas, há também um aspeto que leva o ISAVE mais longe – o CICS (Centro Interdisciplinar em Ciências da Saúde) – um posto de investigação do ISAVE já premiado em alguns trabalhos.

Neste Conselho Consultivo estiveram reunidos Nuno Oliveira (ACES Cávado), Jorge Pereira (Associação Empresarial do Vale do Homem), João Ferreira (Hospital de Braga), Bento Morais (Hospital da Misericórdia de Vila Verde), Miguel Bandeira (Município de Braga), Rolando Silva (IPDJ), Isidro Araújo (Município de Amares), Emanuel Magalhães (Centro Social do Vale do Homem), Francisco Morais (Santa Casa de Misericórdia de Amares), Pedro Veloso (Escola Secundária de Amares), Mário Mendes (Cruz Vermelha de Amares), Pedro Costa (Valoriza e Município de Amares), Lígia Monterroso (ISAVE), Paula Fernandes (ISAVE) e Ermelinda Santos (ISAVE).

[email protected]