REGIÃO

REGIÃO -
Morreu Valdemar Patrício, presidente da Câmara de Caminha de 1994 a 2001

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Valdemar Patrício, presidente da Câmara Municipal de Caminha entre 1994 e 2001, morreu esta sexta-feira de manhã, anuncia a autarquia na sua página oficial na Internet.

O presidente da Câmara, o socialista Miguel Alves, decretou um dia de luto municipal pelo falecimento de Valdemar Patrício que será cumprido na data do seu funeral.

PUBLICIDADE

Ao início da tarde desta sexta-feira ainda não havia informações sobre as exéquias fúnebres uma vez que o falecimento decorreu no estrangeiro, sendo necessário cumprir com um conjunto de formalidades.

“A Câmara Municipal de Caminha manifesta a sua solidariedade à família enlutada e aos amigos de Valdemar Patrício e presta homenagem ao homem e político que marcou o concelho de Caminha durante duas décadas”, lê-se na publicação.

Nascido na freguesia da Sé, concelho de Bragança, Valdemar Patrício passou toda a vida adulta em Caminha onde casou, teve dois filhos e quatro netos.

Fortemente empenhado na participação cívica e política, Valdemar Patrício foi deputado da Assembleia Municipal a partir de 1983, tendo sido eleito como vereador, cargo que exerceu entre 1990 e 1993.

Candidato pelo Partido Socialista, venceu as eleições autárquicas de 1993 e tomou posse como presidente da Câmara, cargo que exerceu durante dois mandatos entre o ano de 1994 e 2001.

A vida de Valdemar Patrício foi marcada também pela actividade associativa, destacando-se o facto de ter sido sócio activo do Clube Andebol de Caminha e dirigente do Clube Desportivo Amadores de Caminha, modalidades pelas quais tinha uma paixão que dedicava a todo o Desporto, característica que influenciou a forma como exerceu os seus mandatos autárquicos e que deixou, como marca distintiva, a construção do Pavilhão Municipal que ainda hoje serve a comunidade.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS