EUROPA

EUROPA -
“Mundo rural não pode ser uma moda que desapareça” da agenda UE, diz Isabel Carvalhais

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Isabel Carvalhais, relatora do Parlamento Europeu para a visão de longo prazo para as zonas rurais da União Europeia, considera que é necessário que a União Europeia continue “a dar voz aos cidadãos das zonas rurais”.

Falando num encontro de reflexão sobre a estratégia da União Europeia para as zonas rurais e a sua social dimensão, organizado pelo Grupo dos Socialistas e Democratas (S&D), que decorreu no Parlamento Europeu, a eurodeputada socialista sublinhou que “o mundo rural não pode ser uma moda que desapareça do debate”.

Na iniciativa que pretendeu assinalar ainda o Dia Internacional da Mulher, Carvalhais defendeu que “este é o momento de enviar uma mensagem muito clara e inequívoca às zonas rurais de toda a Europa de que nos preocupamos com as suas comunidades e que a melhor forma de o demonstrar não é apenas dizendo-o, proclamando-o, mas fazendo-o acontecer”.

PUBLICIDADE

Contando com as presenças da presidente do Grupo S&D, Iratxe Garcia Pérez, e a coordenadora S&D na Comissão de Agricultura, Clara Aguilera, a iniciativa teve como objectivo ajudar a identificar os caminhos mais eficazes para reforçar a coesão social e territorial, bem como promover a sensibilização de decisores, a todos os níveis de governação, para a necessidade de se incorporar uma dimensão rural na concepção e implementação das diferentes politicas.

As oportunidades e os desafios para as mulheres que vivem no meio rural foi outro tema abordado.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS
PUBLICIDADE