OPINIÃO - O sorriso é o espelho da alma

OPINIÃO -
O sorriso é o espelho da alma

Autor: Marta Melo

O sorriso é o espelho da alma. Dados científicos provam que sorrir faz bem ao corpo e à mente, melhora o estado emocional e a qualidade de vida. Sorrir é um veículo de comunicação não verbal, melhorando as relações entre as pessoas e é sem dúvida um recurso de humanização.

Adaptando a citação de Martin Luther King “pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: um sorriso nos lábios e Médicamares no coração”.

PUBLICIDADE

Reconhecendo a importância do sorriso, falaremos agora de como adquiri-lo, de como mantê-lo ao longo da vida e ainda de como o recuperar.

Os cuidados com a nossa saúde oral começam logo que nos formamos no ventre materno. A grávida deve procurar os cuidados médico-dentários para cuidar de si própria e do seu bebé. Existe um Programa Nacional de Promoção da Saúde                           Oral – Cheque Dentista a que todas as grávidas podem ter acesso. Assim que nascemos começamos a sorrir, mesmo sem dentes. É logo aí que os cuidados com a saúde oral devem começar. Quando nascem os primeiros dentes começamos a construir o sorriso. Este é o momento em que o bebé deve ter a sua primeira consulta de Medicina Dentária. Pequenas coisas como o uso de chupeta, a sucção dos dedos, a obstrução nasal com a concomitante respiração oral são pequenos exemplos de como aquilo que achamos que é normal pode comprometer para sempre o nosso sorriso, levando a alterações do esqueleto facial difíceis de solucionar.

A alimentação mole e açucarada do nosso tempo é outro problema que leva ao aparecimento de cárie e perda precoce dos dentes de leite. Hoje em dia, com a ajuda dos tratamentos dentários, dos aparelhos de correção, da otorrinolaringologia, da terapia da fala, da nutrição e da psicologia, temos jovens e adolescentes com sorrisos fantásticos.

Na idade adulta, os principais problemas relacionam-se com as perdas dentárias, com a doença periodontal e com as parafunções, como é o caso do bruxismo (ranger dos dentes). A estes problemas juntam-se a baixa autoestima, as dificuldades de comunicação e o aspeto envelhecido. As restaurações estéticas (coroas, facetas, etc.), os aparelhos dentários, as próteses removíveis e os implantes assumem atualmente um papel fundamental na recuperação e manutenção de um sorriso bonito e saudável.

Tão importante como tudo isto é saber manter o nosso sorriso visitando o médico dentista de seis em seis meses, usando uma escova de dentes macia, uma pasta de dentes adequada, uma boa técnica de escovagem e o fio dentário.

A forma de manter o seu sorriso é a prevenção.