GREVE -Oficiais de Justiça de Amares e Vila Verde presentes no protesto da comarca de Braga

GREVE -
Oficiais de Justiça de Amares e Vila Verde presentes no protesto da comarca de Braga

Os funcionários judiciais de Amares e Vila Verde marcaram presença activa, esta quarta-feira de manhã, numa concentração de protesto de todos os oficiais de justiça da Comarca de Braga em defesa de melhores condições de  trabalho e de uma “carreira digna”.

Na concentração, à porta do Palácio da Justiça, participaram funcionários dos vários tribunais de Braga (Judicial, Administrativo e Fiscal, de Família e do Trabalho), bem como dos de Barcelos, Famalicão, Guimarães, Vizela, Esposende, Fafe, Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto.

PUBLICIDADE

O edifício foi encerrado e não houve julgamentos nem diligências, a não ser a que se prendem com os serviços mínimos, que visam, nomeadamente, casos de  pessoas detidas ou outros processos urgentes e inadiáveis.

Gritando por “Respeito e justiça” e tocando caixas de bombos, os manifestantes puseram um caixão no local, para fazerem “o funeral político” do Ministério que acusam de não querer dar “uma carreira digna aos oficiais de justiça”.

Na ocasião, o dirigente sindical disse aos jornalistas que faltam mais de mil funcionários no sistema judicial e manifestou-se esperançado nas negociações agendadas para esta sexta-feira em Lisboa, no Ministério da Justiça.

“Estamos abertos ao diálogo mas exigimos o mesmo ao Governo. E não descansaremos enquanto o nosso estatuto não for revisto”, afirmou.