PAÍS -
PAN quer prolongar por mais 5 anos a indemnização dos danos causados pelo lobo-ibérico

O Partido Pessoas, Animais e Natureza (PAN) apresentou esta quarta-feira, na Assembleia da República, uma iniciativa que visa recomendar ao Governo o prolongamento, por cinco anos, da indemnização por danos em animais causados pelo lobo-ibérico.

Este grupo parlamentar propôs também a adopção de medidas preventivas que evitem possíveis ataques do lobo, de forma a que sejam evitadas situações de abate de lobos por receio ou retaliação, por parte dos criadores dos animais. Estas medidas procuram reduzir o risco de extinção desta espécie.

Para o PAN, o Estado tem a obrigação de lutar pela conservação do lobo-ibérico e garantir as condições favoráveis à defesa deste animal, preservando o seu habitat e combatendo a falta de presas silvestres, de forma a que esta espécie não tenha de se ver forçada a alimentar-se dos animais dos produtores.

PUBLICIDADE

Por esta razão, o PAN entende que cabe ao Estado «continuar a indemnizar estes produtores, não só os que já adotam medidas preventivas dos ataques, mas também aqueles que ainda não o fazem». 

O partido recomendou também que se façam cumprir as medidas do “Plano de Ação para a Conservação do Lobo-Ibérico”, de forma a divulgar e a promover a necessidade dos criadores destes animais de adoptarem medidas preventivas dos ataques de lobo.