BRAGA -
PJ investiga tiroteio no centro de Braga

A PJ está a investigar o tiroteio que este sábado à noite fez três feridos, dois deles com gravidade, mas que se encontram já fora de perigo de vida depois de operados no hospital de Braga.

Chamada ao local pela PSP, a PJ de Braga suspeita de um ajuste de contas entre dois grupos, supostamente por tráfico de drogas ou questões de dinheiros. 

O tiroteio ocorreu na praça dos Arsenalistas, no bairro do Fujacal, em Braga, tendo começado pelas 23h45: depois de uma troca de palavras e agressões, um grupo de jovens, que estava de carro, puxou de uma arma de calibre 7.65 mm- tido como de guerra – e disparou sobre o outro: uma das vítimas ficou com balas nas ancas e num braço – cujo osso ficou danificado -, outro apanhou com duas nas pernas e o terceiro foi atingido apenas de raspão. 

PUBLICIDADE

Os dois atingidos foram operados no bloco cirúrgico do Hospital local para onde foram levados por duas ambulâncias dos Bombeiros Voluntários.

A PSP acorreu ao local e vedou o recinto, para que se não perdessem vestígios, e chamou a PJ que esteve a recolhê-los, tendo encontrado sete invólucros de bala.

O grupo onde estavam os jovens agredidos – bebendo cerveja nas mesas, de convívio, existentes no meio da praça – era mais numeroso, mas a Polícia apenas encontrou os feridos, tendo ido buscar um deles a casa. 

No local, várias pessoas ouviram os tiros, mas o PressMinho/O Vilaverdense/OAmarense não conseguiu nenhum que tivesse visto os disparos: “eu estava aqui perto, ouvi os tiros, vim a correr e encontrei um deles no chão, ferido. E chamei o 112. Mas não sei mais”, disse.

A PJ vai, agora, ouvir a versão dos, tentando confirmar o móbil do crime e descobrir quem terão sido os agressores.

Entretanto, e já de madrugada, houve um desaguisado, no mesmo bairro, entre quatro pessoas, resolvido à estalada, mas, sem consequências de maior, a não ser a interrupção do sono de alguns moradores.