PAÍS -
Portugal em Estado de Alerta devido ao risco de incêndio

Portugal continental entrará em Situação de Alerta a partir das 20h deste domingo e assim permanecerá até às 23h59 do próximo dia 4. O anúncio foi feito esta tarde pelo Governo, tendo em conta a previsão de «um significativo agravamento do risco de incêndio rural».

Esta decisão foi tomada com base nas «previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio rural», havendo por isso necessidade de «adoptar medidas preventivas e especiais de reacção».

PROIBIÇÕES

PUBLICIDADE

Em Situação de Alerta, é proibida a realização de queimadas e o uso de fogo-de-artifício ou de qualquer outra pirotecnia. 

É igualmente proibido o acesso e circulação em espaços florestais «previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios».

Não são também permitidos trabalhos com equipamentos eléctricos em espaços florestais ou rurais, tais como motorroçadoras, destroçadores, máquinas com lâminas ou pá frontal e corta-matos.

PERMISSÕES

Contudo, durante a Situação de Alerta é permitido alimentar os animais, fazer podas, regas, extrair cortiça e mel e colher as culturas agrícolas, desde que estas sejam de «caráter essencial e inadiável», em zonas de regadio, sem materiais inflamáveis e fora de floresta e mata.

São permitidos trabalhos de construção civil, «desde que inadiáveis e que sejam adoptadas as adequadas medidas de mitigação de risco de incêndio rural».