TERRAS DE BOURO -
Tem fotos ou recortes da construção das pontes de Rio Caldo? A Câmara está à procura de registos

A Câmara de Terras de Bouro lançou um apelo no sentido de encontrar «algum tipo de registo ou documento alusivo à construção ou inauguração» das pontes de Rio Caldo, que a autarquia pretende candidatar a património de valor nacional.

«Apelamos a todos os que, eventualmente, tiverem na sua posse alguma tipo de registo ou documento alusivo à construção das referidas pontes, que contactem a Câmara Municipal (253 350 010 – Divisão da Cultura)», refere.

PUBLICIDADE

Pode tratar-se de fotografias ou recortes de imprensa, quer da construção, quer da inauguração das duas vias.

Segundo a autarquia, esta recolha de elementos visa «obter um apoio institucional que irá reforçar o processo» no momento oficial de submissão da candidatura à Direcção Regional de Cultura do Norte.

Obra do engenheiro Edgar Cardoso, as pontes de Rio Caldo, uma em Terras de Bouro e outra em Vieira do Minho, foram construídas em 1954, tendo em vista a subida do nível das águas do Rio Cávado e a criação do espelho de água, consequências da construção da barragem da Caniçada.

«Delicadas, mas ao mesmo tempo de aspecto vigoroso, elegantes e bem integradas com a paisagem circundante, estas pontes são um símbolo da engenharia portuguesa daquele tempo», refere a Câmara de Terras de Bouro.