ÁGUA -
Terras de Bouro tem uma das facturas de água mais baixas do país

O concelho de Terras de Bouro tem um dos serviços de abastecimento de água mais baratos do país, de acordo com um relatório divulgado pela “Deco Proteste”. No caso de Amares, o preço está também abaixo da média nacional, sendo o segundo município do distrito de Braga com preço mais reduzido.

Para um consumo médio de 120 metros cúbicos anuais de água, um terrabourense paga 103,22 euros (sem IVA) por ano. No caso de um munícipe de Amares, o preço anual é de 184,14 euros (sem IVA).

PUBLICIDADE

No pólo oposto, entre os cinco concelhos mais caros do país, estão Trofa (503,61 euros/ano pagos pelos consumidores domésticos de 120 metros cúbicos de água), Santo Tirso (490,77 euros/ano), Vila do Conde (480, 21 euros/ano), Celorico de Basto (447,13 euros/ano) e Gondomar (443,99 euros/ano).

A factura da água tem indexadas as tarifas dos serviços de abastecimento de água, de saneamento e de resíduos sólidos urbanos (RSU), estas duas últimas calculadas em função do consumo de água.