ECONOMIA -
Trabalhadores por conta própria asseguram crescimento de emprego no Norte

A população empregada do Norte no 3º trimestre de 2021 aumentou em 71,3 mil face ao período homólogo de 2020, segundo o Boletim Norte Conjuntura da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Norte.

Os trabalhadores por conta própria representam a maior fatia (49,4 mil) dos novos empregos criados.

PUBLICIDADE

Estes resultados são ainda acompanhados pelo reforço das exportações de bens do Norte, que registam um aumento de 6,5% no 3.º trimestre de 2021 em comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

Já a nível nacional, o crescimento das exportações de bens foi de 12,2% durante o mesmo período.

Relativamente à taxa de desemprego, manteve-se praticamente idêntica, com uma variação de 6,3% para 6,2% entre o 2º e 3º trimestres de 2021, situando-se num valor muito próximo ao do nacional (6,1%).

Já a taxa de desemprego jovem (entre os 16 e 24 anos) sofreu um aumento de 21,8% para 23,8% durante o mesmo período.

A taxa de inflação do Norte sofreu também um aumento de 1,4%, mais 0,6 pontos percentuais em comparação com o trimestre precedente. A nível nacional a taxa de inflação fixou-se em 1,5% no 3º trimestre de 2021.

Nota ainda para o aumento significativo das dormidas nos estabelecimentos de alojamento turístico do Norte. Este crescimento significou um total de 2,7 milhões dormidas no 3º trimestre de 2021, mais 43,9% do que no período homólogo de 2020.

O Norte Conjuntura, relatório trimestral que apresenta as tendências da evolução económica na Região, no curto prazo, está disponível online (AQUI).