JUSTIÇA - Tribunal condenou 21 por tráfico de droga em Braga, Porto, Matosinhos e Gaia. Que introduziam nas cadeias…

JUSTIÇA -
Tribunal condenou 21 por tráfico de droga em Braga, Porto, Matosinhos e Gaia. Que introduziam nas cadeias…

Traficavam droga, (cocaína, heroína e haxixe), em Braga, Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia. E introduziam-na nas cadeias de Santa Cruz do Bispo e de Paços de Ferreira. 21 deles, 14 homens e sete mulheres, foram condenados no Tribunal de Braga. Um foi absolvido.

O colectivo de juízes condenou-os, a maioria por tráfico de estupefacientes agravado, a penas que variam entre 11 anos e um ano de prisão. A pena maior foi para Bruno Rodrigues, seguido de Pedro Rodrigues (oito anos e dez meses), Nuno Dias (sete anos e seis meses), Amadeu dos Santos (sete anos), Cláudia Amaral (seis anos) e Marco Oliveira e Ricardo Azevedo (cinco e seis meses). Todos estes com prisão efectiva.

O Ministério Público acusava Amadeu Santos, de 43 anos e Cláudia Carvalho, de serem os «capos» do esquema de distribuição de droga, já que “actuavam em comunhão de esforços” para a colocar no Porto, em Lordelo do Ouro, e noutras zonas. Vendiam, também estupefacientes na zona da Ribeira, a turistas. Eram, ainda, fornecedores de pessoas a cumprir pena em Paços de Ferreira, em cuja cadeia conseguiam introduzir as drogas.

PUBLICIDADE

Entre 2014 e 2018 forneceram também dois arguidos de Braga que a vendiam a consumidores locais nomeadamente no Bairro das Enguardas e na zona de Gualtar.

A investigação policial enumera mais de 150 vendas de drogas nas duas cidades. Aquando das buscas a casa dos principais arguidos foram apreendidos 200 gramas de cocaína. Os valores apreendidos, 7.127 euros e duas viaturas, revertem a favor do Estado.

Seis dos arguidos vão continuar em prisão preventiva, até ao trânsito em julgado do acórdão.