Apanhou dois anos e meio de prisão: Veio de Gondomar para vender droga em Braga

Apanhou dois anos e meio de prisão:
Veio de Gondomar para vender droga em Braga

Veio de Gondomar para Braga, em janeiro, hospedando-se num hotel, com o intuito de vender droga a consumidores. Carlos Paiva da Costa, de 26 anos, «apanhou», no Tribunal de dois anos e seis meses de prisão efetiva por tráfico de estupefacientes.

O coletivo de juízes deu como provado que vendeu, entre 10 e 30 de janeiro, drogas, a preços que começavam nos 7,5 euros por pacote, a dezenas de pessoas, que o contactavam telefonicamente.

Para tentar despistar a Polícia mudou três vezes de unidade hoteleira, onde pagava cerca de 30 euros por dia. Acabou por ser detido numa risga ao qrato de hotel onde preparava as doses para vender. Foram-lhe apreendidas 10,5 gramas de estupefacientes, e dinheiro. Como tinha antecedentes por furto qualificado e furto simples, vai continuar na cadeia do Porto onde se encontra

PUBLICIDADE

Com Luís Moreira (CP 8078)