TERRAS DE BOURO -
Activista ambiental Carlos Dobreira denuncia «pichagens e estado de degradação» de monumento em Terras de Bouro

O activista ambiental Carlos Dobreira alertou esta terça-feira para o estado de degradação em que se encontra o monumento comemorativo dos 500 anos da atribuição de carta de foral ao Concelho. Em nota enviada, o activista mostra-se preocupado devido à «fraca visibilidade dos textos inscritos» e declara a sua «estranheza» ao detectar o «estado algo degradado e as pichagens no interessante monumento comemorativo dos 500 anos da atribuição de carta de  foral a Terras de Bouro em 1514».

«Urge proceder a uma manutenção e à limpeza das pichagens obscenas, assim como ao avivamento dos textos inscritos», atira.

PUBLICIDADE