SAÚDE

SAÚDE -
BE quer reabertura “rápida” da Radiologia do CS de Arcos de Valdevez encerrada há mais de ano e meio

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda exige uma “rápida” reabertura do Serviço de Radiologia do Centro de Saúde de Arcos de Valdevez, encerrado há ano e meio.

Lembrando que aquele centro de saúde de Arcos de Valdevez, integrado na Unidade Local de Saúde do Alto Minho, dá resposta a uma população que ascende às 20 mil residentes no concelho, o BE afirma que tem recebido denúncias de utentes dando nota de dificuldades no serviço de radiologia

“De acordo com denúncias que têm chegado ao Grupo Parlamentar do Bloco por utentes, o equipamento de raio-x está avariado desde dos finais de 2020, causando transtorno à população local”, pormenoriza em documento dirigido ao Ministério da Saúde, através da Assembleia da República ao Ministério da Saúde, acrescentando que os utentes se vêm obrigados a recorrer a serviços privados existentes no concelho ou deslocarem-se a Viana do Castelo ou a Ponte de Lima.

Os bloquistas recordam ainda que a Unidade Local de Saúde do Alto Minho garantiu à imprensa, em Junho do ano passado, que “o problema com o raio-x iria ser resolvido em breve”.

“Esta situação é altamente penalizadora dos utentes que se vêm impedidos de aceder aos cuidados de saúde de proximidade de que necessitam e aos quais têm direito e que estão privados há mais de ano e meio e apesar das promessas de resolução rápida”, afirma o BE, considerando “fundamental que sejam tomadas medidas para reparar esta situação rapidamente”.

Os bloquistas pretendem saber se o governo tem conhecimento da situação, que medidas estão a ser implementadas para solucionar a situação descrita e qual questionam a razão de a administração da USLAM anunciar a resolução do problema em Junho de 2021, e não estar solucionado.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS