BRAGA -
Bosch em Braga em ‘lay-off’ parcial até final de Maio

A Bosch de Braga entra em ‘lay-off’ com redução de horário a partir de sexta feira. Durante o próximo mês, os trabalhadores vêem o horário reduzido em 18%, o equivalente em média a menos um dia de trabalho por semana.

O ‘lay-off’ aqui da empresa é a redução do horário e não a suspensão da actividade. Ou seja, os trabalhadores vão trabalhar 82%”, esclarece Maria Rosa Costa, porta-voz da comissão de trabalhadores, citada pela Rádio Renascença.

Segundo a representante, a empresa justificou a decisão junto dos funcionários com uma “quebra em 78% no volume de negócios”. “Mas, nós não podemos confirmar, uma vez que neste tipo de ‘lay-off’ simplificado a empresa não nos fornece qualquer tipo de documento”, acrescenta Rosa Maria Costa.

PUBLICIDADE

O anúncio do ‘lay-off’ na unidade de produção de componentes automóveis de Braga foi comunicada poucos dias após o regresso dos trabalhadores de férias. A multinacional alemã suspendeu a produção durante dez dias em Março e mandou os cerca de 3.500 trabalhadores para casa.

Contactada pela Renascença, a Bosch justifica a decisão com a quebra na procura no sector automóvel como consequência da crise pandémica que o mundo atravessa e não descarta uma eventual renovação do regime de ‘lay-off’. Tudo vai depender da “evolução da situação” nos próximos tempos.