REGIÃO -
Cerveira aprova criação da Área de Protegida da Serra d’Arga

A Câmara de Vila Nova de Cerveira aprovou esta sexta-feira, por unanimidade, em reunião do executivo municipal, a proposta de criação da Área de Paisagem Protegida Regional da Serra d’Arga, que inclui mais três concelhos do Alto Minho.

Cerveira foi o último município a aprovar a criação daquela área protegida.

A primeira foi a Câmara de Ponte de Lima (CDS), no dia 18 de Maio, Viana do Castelo (PS) a 18 de Setembro e Caminha (PS), na última segunda-feira.

PUBLICIDADE

Com a decisão aprovada pelo executivo municipal de Vila Nova de Cerveira, presidido por Fernando Nogueira (Movimento independente PenCe – Pensar Cerveira), o município “fica autorizado a apresentar a proposta de criação da Área de Paisagem Protegida Regional da Serra d’Arga, conjuntamente com os concelhos de Caminha, Ponte de Lima e Viana do Castelo”.

“A constituição de uma associação de municípios com fins específicos que garanta a respectiva gestão é o próximo passo. Enquanto esse passo não for concretizado, cabe à Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho apoiar o processo ao nível jurídico, explica uma nota enviada à imprensa.

O documento base da proposta refere que “a Serra d’Arga constitui uma área emblemática, pela vastidão das paisagens agrestes do seu topo e também pela singularidade dos seus valores naturais”, destacando a existência de “um património cultural singular pela sua situação geográfica, mas também pela forma como as actividades humanas foram desenvolvidas, de modo, ao longo do tempo, garantir a sustentabilidade das populações”.

A criação da Área de Paisagem Protegida Regional da Serra d’Arga “contribuirá para a conservação da natureza e da biodiversidade em presença na serra e, por conseguinte, no Noroeste Peninsular, perspectivando-se que sejam fomentadas condições que permitam o desenvolvimento socioecónomico sustentável da área, com benefícios para as comunidades locais e para a exploração do território do ponto de vista turístico, de educação e sensibilização ambiental”.

A Serra d’Arga abrange uma área de 10 mil hectares nos concelhos de Caminha, Vila Nova de Cerveira, Viana do Castelo e Ponte de Lima, dos quais 4.280 hectares se encontram classificados como Sítio de Importância Comunitária.

“É detentora de 10 tipos de habitat de importância comunitária, de uma extraordinária riqueza florística, com 546 espécies de plantas vasculares, incluindo 32 espécies raras ou ameaçadas de extinção, a presença confirmada de mais de 180 espécies de vertebrados selvagens, entre as quais espécies raras e emblemáticas como o lobo, a salamandra-lusitânica e o bufo-real”, acrescenta a nota da autarquia cerveirense.

Segundo o Orçamento do Estado, o Governo quer criar em 2020 um ‘cluster’ do lítio e da indústria das baterias e vai lançar um concurso público para atribuição de direitos de prospecção de lítio e minerais associados em nove zonas do país, sendo uma delas a Serra d’Arga.

Foto Ricardo Brigadeiro/ Facebook CVNC