OPINIÃO - Desafios da educação e das escolas

OPINIÃO -
Desafios da educação e das escolas

A ex-ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, a propósito dos desafios lançados à escola e à educação do século XXI identificou os seguintes: “desafios em torno das competências-chave para todos; da aprendizagem ao longo da vida; do contributo para o crescimento económico sustentável; da capacidade de reacção aos múltiplos desafios sociais; da escola inclusiva; da educação para a cidadania; do papel dos professores; e, por fim, das questões organizacionais e de liderança das escolas”.

Identificados os desafios vamos tentar apontar alguns caminhos de futuro, aproveitando, ainda a boleia da ex-Ministra: “a escola não se pode desenvolver contra o exterior, mas deve construir-se com os recursos e as vontades dos inúmeros agentes institucionais que têm interesses reconhecidos como legítimos sobre a escola: em particular, os agentes que representam historicamente a imagem do ‘local’ – como as autarquias ou associações da sociedade civil locais –, e do ‘exterior’ – como as associações de pais”.

Fora dos muros da escola o mundo é atractivo e colorido, apresenta uma série de oportunidades e convida o aluno a fazer múltiplas descobertas. Nesse contexto, tornar a experiência em sala de aula interessante é algo realmente desafiador, mas não impossível.

PUBLICIDADE

Para isso, é preciso criar estratégias inovadoras de ensino para auxiliar no desenvolvimento dos alunos, mas isso não se refere unicamente ao uso de novas tecnologias. Inovar usando velhos recursos, como livros didácticos, canetas e papéis, é possível. A criatividade pode “colorir” a escola e dar significado ao ensino-aprendizagem através de projectos diferentes, interdisciplinares e aulas mais dinâmicas e interactivas.

Acho que não choco ninguém ao dizer que muitos estudantes vão para a escola porque isso simplesmente faz parte de suas rotinas ou porque os pais os obrigam.

Por isso, um bom desafio para uma escola de futuro é oferecer um ensino contextualizado, com elementos que fazem parte da vida do estudante e conteúdos que claramente façam sentido para eles.

Outro dos desafios educacionais enfrentados pelas instituições é a preparação dos professores para oferecer um ensino de qualidade. Além de traçar um plano pedagógico assertivo, é fundamental que as escolas valorizem o trabalho do professor e ofereçam boas ferramentas de trabalho, bem como formações contínuas para que o corpo docente se mantenha actualizado.

Investir em massa na educação nunca foi tão importante, mas investir na sociedade que incorpora as novas tecnologias exige um novo modelo de educação, um modelo que quebre os velhos paradigmas.