OPINIÃO -
Dia Internacional de Consciencialização sobre o HPV

Artigo de Maria do Céu Martins, ACeS Cavado II – Gerês/Cabreira

 

No dia 4 de março comemorou-se o Dia Internacional de Consciencialização sobre o HPV. Este dia foi instituído pela International Papillomavirus Society, e tem como objetivo aumentar o conhecimento e a consciência do que é o HPV, em todo o mundo. Falar sobre o HPV é o primeiro passo para a sua prevenção e proteção.

PUBLICIDADE

Assim, o Papilomavírus humano é um vírus que provoca infeção e que, na maior parte das vezes, não provoca sintomas. Esta infeção não escolhe géneros nem idades, podendo ocorrer quer nos homens quer nas mulheres. Transmite-se através do contacto de  pele com pele da região genital, sendo o principal agente responsável por infeções genitais em homens e mulheres. 

Deste modo, 75 a 80% das pessoas sexualmente ativas têm contacto com o vírus durante a sua vida. A infeção por este vírus desparece maioritariamente de forma espontânea ao fim de 1 a 2 anos, mas não é eliminado, a infeção passa a ser doença. Quando se instala a doença, a pessoa pode também não apresentar sintomas, sendo assintomática. Tudo isto é preocupante uma vez que não é possível prever quem poderá desenvolver a doença a partir da infeção. 

Nos dias de hoje, o HPV é considerado a 2ª causa mais importante de cancro, logo a seguir ao tabaco, estando associado a 5% dos cancros em geral, e a 10% dos cancros na mulher. Virus do papiloma humano é responsável por:

  • 100% dos cancros do colo do útero
  • 84% dos cancros do ânus
  • 70% dos cancros da vagina
  • 47% dos cancros do pénis
  • 40% dos cancros da vulva
  • 99% dos condilomas ou verrugas nos genitais

A única prevenção e proteção eficaz contra o HPV é a sua vacina, que protege contra 9 tipos diferentes do vírus.

 Nos Centros de Saúde, a vacina contra o Vírus do papiloma humano está incluída no Plano Nacional de Vacinação e em 2020 foi alargada ao género masculino aos 10 anos de idade. Em caso de dúvidas procure um profissional da sua Unidade de Saúde, pois a prevenção é possível e necessária.

Para aceder a informação completa e detalhada sobre o que é o Papilomavirus Humano, sobre os cancros e doenças provocadas pelo vírus, quais os sintomas, quem está em risco e quais as formas de prevenção veja no site da campanha da Liga Portuguesa Contra o Cancro de alerta para o HPV, ligue para a Linha Cancro 808 255 255 ou envie um e-mail para [email protected]

Não se esqueça que há cancros que podem ser prevenidos!