PAÍS - -
Distinção da UNESCO para Caretos de Podence reforça “um activo patrimonial e turístico”, diz ministra da Cultura

A ministra da Cultura considerou esta quinta-feira que a inscrição dos Caretos de Podence no Património Cultural Imaterial da Humanidade contribui “para reforçar um activo patrimonial e turístico que excede os limites do território do nordeste transmontano”.

Em comunicado, Graça Fonseca felicitou a decisão anunciada na Assembleia Geral da Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, em Bogotá, na Colômbia.

“Os portugueses, em especial os transmontanos, estão, mais uma vez, de parabéns por saberem manter viva uma das suas mais ricas tradições culturais. Esta classificação, que muito honra todo o país, distingue culturalmente a região, mas contribui também para reforçar um activo patrimonial e turístico que excede os limites do território do nordeste transmontano”, refere a ministra.

PUBLICIDADE

Os tradicionais mascarados do Entrudo Chocalheiro da aldeia do concelho transmontano de Macedo de Cavaleiros passam a estar integrados numa lista mundial onde Portugal já tem o Fado, o Cante Alentejano, a Dieta Mediterrânica, a Falcoaria e os chamados ‘Bonecos de Estremoz’.

As ‘Festas de Inverno Carnaval de Podence’ foram a única candidatura seleccionada pelo Governo português para representar Portugal nesta XIV reunião do Comité Internacional da UNESCO, o organismo das Nações Unidas para a Ciência, Cultura e Educação.