REGIÃO -
Esposende adia para 2021 eventos programados até final de Agosto

O Município de Esposende decidiu «adiar para 2021 os eventos que estavam programados até ao final do próximo mês de Agosto», depois de já ter anunciado o cancelamento dos eventos de Abril, Maio, Junho e Julho.

A decisão é motivada pela situação de saúde pública originada pelo novo coronavírus (Covid-19) e impõe-se face à necessidade de prevenção, que se manterá nos próximos meses, além de que a eventual realização dos eventos seria sempre muito condicionada e restritiva e a adesão poderia ser condicionada pelo receio das pessoas.

Assim, o executivo municipal decidiu adiar todos os eventos que tinha previsto organizar neste período, a título individual ou em parceria, entre os quais a Galaicofolia, o Festival Sons de Verão, o Festival da Juventude, a Noite Branca, o Summer Party 80’s e a Festa da História, entre outros.

PUBLICIDADE

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, refere, em nota enviada, que «mesmo depois do fim do Estado de Emergência, que deverá ocorrer no início de Maio, tudo aponta que as restrições se mantenham por um período que poderá prolongar-se por 90 dias, ou seja, o período em que decorreriam os eventos e as festas». Face a este cenário, explica, que «ponderando as varáveis em questão», o Município optou por cancelar a realização de todas as iniciativas neste período, adiando-as para 2021.

«Não é uma decisão tomada de ânimo leve, mas com elevado sentido de responsabilidade, porque a causa da saúde pública, a protecção das pessoas, tem que estar em primeiro lugar», afirma Benjamim Pereira. «Estou ciente de que todos compreenderão esta decisão e os motivos que a sustentam», acrescenta.

O autarca reconhece que «a decisão terá impacto económico, com evidentes prejuízos para este sector, e repercussões a nível social, porque as pessoas ficarão privadas de eventos que muito apreciam». Realça, contudo, que, «face ao actual contexto, valores mais altos se sobrepõem, no caso a saúde das nossas gentes e dos tantos que nos visitam e nos escolhem como destino de férias».