JUSTIÇA

JUSTIÇA -
Ex-gerente bancário de Terras de Bouro condenado por desvio de 102 mil euros de uma cliente

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um antigo gerente da agência da Caixa Geral de Depósitos de Terras de Bouro foi condenado pelo Tribunal de Braga a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por, em 2009, ter burlado uma cliente em 102.500 euros.

De acordo com o site do jornal Terras do Homem, que noticia a condenação, o antigo bancário só terá a pena suspensa se pagar 28 mil euros à CGD, já que esta entidade assumiu a devolução desse montante à cliente lesada.

PUBLICIDADE

O restante, 74.500 euros, havia já sido restituído pelo ex-gerente à mulher burlada.

O caso, e ainda de acordo com aquele jornal, envolveu um primo do ex-gestor bancário, que reside na Vila de Prado.

A burla terá passado pelo envio de um e-mail falso, no qual a cliente pedia que transferissem para outra conta aquela quantia, o que o banco fez, com a garantia do então gerente de que o e-mail era verdadeiro.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS