DE 13 A 15 DE JULHO –

DE 13 A 15 DE JULHO – -
Festival do Bacalhau quer levar a Caldelas o espírito do bom arraial minhoto

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O parque das Termas de Caldelas recebe entre os próximos dias 13 e 15 de Julho nova edição do Festival do Bacalhau e dos Petiscos, que mantém os moldes do ano passado e pretende levar a Caldelas o espírito típico dos arraias minhotos.

Para a organização, a cargo da Junta da União de Freguesias de Caldelas, Paranhos e Sequeiros e da Câmara Municipal de Amares, este é um evento que tem crescido com o passar dos anos e que se afirma cada vez mais na agenda amarense.

«Esperamos que, dentro de uma década, esta iniciativa possa ter uma amplitude muito semelhante ao do Festival das Papas de Sarrabulho. O nosso concelho só pode crescer com este tipo de eventos, que mexem a economia e trazem gente a Amares», disse o presidente da Câmara, Manuel Moreira.

Na conferência de imprensa de apresentação do evento, que decorreu esta sexta-feira, o autarca assegurou que o Município «aposta fortemente» no turismo e que esse «é um caminho que vai continuar a ser feito».

Quanto à logística do evento, o vice-presidente da Câmara, Isidro Araújo, explicou que «manterá a mesma dimensão e o mesmo figurino, com a presença de quatro restaurantes», todos amarenses: Correia, Churrasqueira de Caldelas, Vale do Homem e Taberna do Amaro.

«Há um menu fixo de cinco euros, que inclui prato e bebida. Todos os preços são relativamente em conta, até porque foram tabelados numa reunião preparatória», sublinhou.

O evento, que serve para homenagear o chef António Silva e promover a gastronomia amarense, voltará a destacar também os vinhos verdes de Amares – cada garrafa custa cinco euros.

O Festival do Bacalhau e dos Petiscos abre às 19h00 de sexta-feira, 13 de Junho, e estende-se até cerca das 22h00 de domingo, dia 15.

ANIMAÇÃO POPULAR

Garantida está também muita animação popular, que pretende invadir o recinto com o «típico espírito do arraial minhoto», segundo o presidente da Junta, José Almeida.

A noite de sexta-feira será animada pela Rusga de Godinhaços e no sábado actua o Grupo de Cavaquinhos de Dume e um grupo barcelense de concertinas. Para domingo, a organização ainda não fechou o nome do artista convidado.

O autarca deixou também muitos elogios a Manuel Moreira, pela «clarividência» de apostar neste tipo de eventos descentralizados pelo concelho.

«A política de descentralização e promoção do concelho em vários locais é um exemplo para outros Municípios. Caldelas sempre teve uma grande tradição em termos de cozinha, pelo que esta é uma excelente ideia que nos permite juntar o útil ao agradável», destacou.

PUBLICIDADE

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS