REGIÃO

REGIÃO -
GNR fecha bar de alterne em Vieira do Minho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A GNR encerrou um estabelecimento que se dedicava à prostituição no concelho de Vieira do Minho e constituiu arguido o seu proprietário, um homem de 56 anos, por lenocínio.

Em comunicado, a GNR adianta que, no âmbito de uma investigação de lenocínio, os militares encetaram diligências policiais que culminaram no cumprimento de sete mandados de busca, uma domiciliária, quatro em veículos e duas em estabelecimentos.

PUBLICIDADE

Foram apreendidos 50 cartões com registo de consumo no estabelecimento e 3.473 euros em numerário.

No decorrer da acção foram identificadas nove mulheres, com idades compreendidas entre os 24 e os 45 anos. Foram ainda identificados nove homens com idades compreendidas entre os 22 e os 50 anos.

O explorador do estabelecimento foi constituído arguido e o estabelecimento encerrado por ordem judicial.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Vieira do Minho.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS