A PARTIR DESTA QUARTA-FEIRAGNR intensifica fiscalização a motos

A PARTIR DESTA QUARTA-FEIRA
GNR intensifica fiscalização a motos

A GNR intensifica a partir desta quarta-feira, até domingo, a fiscalização rodoviária no sentido de prevenir comportamentos de risco durante a condução de motociclos e ciclomotores.

A “Operação Moto” decorre nas vias com maior intensidade de tráfego, com o objectivo de inverter a tendência de aumento da sinistralidade, explica a GNR.

PUBLICIDADE

Em 2017, a Guarda registou 77 303 acidentes de viação, de onde resultaram 433 vítimas mortais e 1646 feridos graves.

5815 acidentes envolveram veículos motorizados de duas rodas, tendo resultado104 vítimas mortais (mais 35 que em 2016) e 431 feridos graves (mais 100 que em 2016), com principalmente incidências aos sábados e domingos.

Durante a operação serão empenhados militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que estarão especialmente atentos às seguintes infracções:

• Excesso de velocidade;
• Não utilização de equipamentos de protecção;
• Manobras perigosas;
• Estado dos pneumáticos, sistemas de iluminação e matrícula;
• Condução sem habilitação legal;
• Condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

Os militares irão ainda efectuar acções de sensibilização dirigidos aos condutores de motociclos e ciclomotores, aconselhando o seguinte:

• Uso do capacete, vestuário de protecção resistente e material retrorreflector;
• A obrigação de circular sempre com os médios acesos, para ser visto;
• Não circular entre filas de veículos;
• Adequar a velocidade ao estado do piso e garantir as distâncias de segurança.