BRAGA

BRAGA -
Mais de mil alunos ajudam a criar microflorestas em Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Mais de mil alunos participam no ‘Florestar Braga’, um programa de sensibilização ambiental que o município promove desde 2014. Ao longo desta semana, os estudantes participam em acções de plantação de cerca de mil árvores em diversos espaços do território.

Segundo Altino Bessa, vereador do Ambiente, a autarquia pretende criar microflorestas em algumas zonas da cidade. “O objectivo é densificar em termos de arvoredo algumas zonas, criando barreiras por causa do ruído e da qualidade do ar”, referiu.

Assim, esta quarta-feira, 23 de Novembro, Dia Mundial da Floresta Autóctone, um grupo de alunos da Profitecla e da EB1 da Quinta da Veiga participou na plantação de árvores autóctones numa urbanização situada na Freguesia de S. Vicente.

PUBLICIDADE

Para além da urbanização situada junto à Avenida António Macedo, em S. Vicente, as microflorestas serão criadas na rua de S. Martinho, na Avenida Miguel Torga, na Avenida de S. Martinho e na rua José António Cruz.

Altino Bessa salientou que o ‘Florestar Braga’ conta este ano com o envolvimento de 47 entidades, entre associações, IPSS, empresas e juntas de freguesia, a quem foram oferecidos árvores e arbustos que serão plantados em diversos espaços do território.

A par da plantação de árvores, a iniciativa inclui o lançamento de granadas de sementes e a oferta de sementes de plantas melíferas. 

Neste âmbito, na próxima sexta-feira, entre as 14h30 e as 17h00, há uma acção de plantação de árvores e plogging no Monte Picoto com alunos das eco-escolas. 

Esta actividade repete-se no sábado, entre as 09h30 e as 12h00, desta feita para o público em geral que pode inscrever-se através do e-mail [email protected]. À acção irá juntar-se também o Lions Clube de Braga.

O programa do “Florestar Braga 2022” inclui ainda uma exposição itinerante que, até Fevereiro do próximo ano, percorre 13 escolas do concelho. A exposição, disponibilizada pela ABAE, pretende ajudar os alunos a conhecer as árvores nativas de Portugal.

De referir que, em simultâneo, o município assinala a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos que inclui, entre outras iniciativas, a realização de oficinas, campanhas de sensibilização e mesas redondas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS