PAÍS -
Ministério da Saúde apresentou plano covid-19 para Outono-Inverno

O Ministério da Saúde apresentou, esta segunda-feira, o plano para Outono-Inverno 2020/21, uma estratégia que visa dar resposta não só à pandemia da Covid-19, como também a todas as necessidades em saúde da população.

Numa nota partilhada no site do ministério, assim como no do Governo, lê-se que os grandes objectivos desta estratégia são: preservar vidas humanas; proteger os mais vulneráveis, particularmente a população idosa a viver em estruturas residenciais para idosos e preparar a resposta ao crescimento epidémico do covid-19.

No que diz respeito à resposta ‘Não Covid-19’ foi criada uma task-force na dependência do ministério da Saúde e é feita uma aposta na resposta “maximizada nos cuidados de saúde primários, com atendimento presencial, não presencial e domiciliário, bem como nas respostas de proximidade, incluindo dispensa de medicamentos”.

PUBLICIDADE

Já no que toca à pandemia, o plano prevê um reforço da resposta em saúde pública, especialmente, em situações de surtos, adapta as atuais áreas dedicadas ao covid-19 em áreas dedicadas aos doentes respiratórios e os circuitos de internamento hospitalar para diferentes fases da resposta.

O plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21 pretende ainda mobilizar todos os agentes do sector da saúde e o país para o período exigente que se avizinha e que requer uma resposta conjunta e participada.

Como tal, sublinha o ministério da Saúde, “não se trata de um documento fechado e será alvo de revisão e actualização bimestral, de forma a acompanhar a evolução epidemiológica e os contributos dos diversos intervenientes. O documento irá receber os contributos do Conselho Nacional de Saúde e do Conselho Económico e Social e será revisto bimestralmente, ou seja, de dois em dois meses.

O plano está disponível na íntegra neste link para que o possa consultar.